“DIREITO A CIDADE” PARA QUEM?

Estamos disponibilizando um texto de uma geógrafa que traz um debate interessante sobre a questão do chamado “direito à cidade” a partir de  um exercício reflexivo sobre a política de destinação de imóveis urbanos da União, não utilizados e subutilizados para habitação de interesse social na Zona Portuária da cidade do Rio de Janeiro.

Este trabalho pretende apontar que o discurso da “gestão democrática”, da abertura institucional para com movimentos sociais e o discurso do “Direito a Cidade” estão longe de se apresentarem como ferramentas de transformação.  Pelo contrário!

É um texto que nos ajuda a refletir sobre a forma como a prefeitura vem atuando, no discurso e na sua prática, não só na área portuária, mas na cidade inteira quando falamos de comunidades pobres e no caminho dos grandes projetos urbanos.

Imóveis da União para HIS – Direito à cidade para quem?

Anúncios

0 Responses to ““DIREITO A CIDADE” PARA QUEM?”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




FCP no Twitter

Flickr FCP

Categorias

Estatísticas do blog

  • 38,025 Visualizações

%d blogueiros gostam disto: