MANOBRA DA PRESIDÊNCIA DA CÂMARA DE VEREADORES DO RJ, CANCELA AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE AS REMOÇÕES NA CIDADE (27/09), MAS NÃO CALA A VOZ DOS MOVIMENTOS SOCIAIS.

audiência_pública_removidos

Roberto do morro da Providência: “832 famílias estão marcadas para sair e já saíram 136. O objetivo da prefeitura é sumir com os pobres e favelados” . Foto: Sérgio Assis / Asduerj
 

Mais de 100 mil pessoas foram removidas ou passam por processos de remoção no Rio de Janeiro hoje, devido aos grandes eventos agendados para a cidade. Para discutir o tema, buscar soluções e articular a luta dos moradores das diversas comunidades que vivem o problema, a Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal marcou para a manhã desta sexta-feira, 27/9, uma audiência pública. Porém uma hora antes do evento, agendado para as 10h, a presidência da Câmara cancelou a audiência, alegando falta de segurança por causa da ocupação do prédio por profissionais da educação do município, ocorrida na noite anterior.

“Isto parece manobra para criar rivalidade entre os movimentos, já que o presidente Jorge Felippe havia confirmado a audiência ontem à noite, após a ocupação”, informou um dos assessores do vereador Renato Cinco, parlamentar proponente do encontro.

Impedidos de entrar na Câmara dos Vereadores, dezenas de pessoas das comunidades ameaçadas de remoção se reuniram com parlamentares na Ocupação Manoel Congo, estabelecida em um prédio próximo, na Cinelândia. Entre os presentes, moradores das comunidades do Horto, Tubiacanga, Magalhães Bastos, Providência, Manguinhos, Vila Autódromo, Vila Recreio e Santa Marta, além de representantes do Comitê Popular da Copa e Olímpiadas, da Anistia Internacional e da Fiocruz. No encontro, foi deliberada a realização de um grande ato reunindo todas as comunidades envolvidas em remoção na primeira semana de outubro. Ao fim da reunião, o grupo se juntou à mobilização dos profissionais da educação, que permanecia do lado de fora da Câmara, e cantaram juntos: “Da Copa, da Copa, da Copa eu abro mão, eu quero moradia, saúde e educação!”.

Fonte: Boletim da ASDUERJ (https://mail.google.com/mail/u/0/?shva=1#inbox/141652e679b73286?compose=1416eac433578cc1)

Anúncios

0 Responses to “MANOBRA DA PRESIDÊNCIA DA CÂMARA DE VEREADORES DO RJ, CANCELA AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE AS REMOÇÕES NA CIDADE (27/09), MAS NÃO CALA A VOZ DOS MOVIMENTOS SOCIAIS.”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




FCP no Twitter

Flickr FCP

Categorias

Estatísticas do blog

  • 38,031 Visualizações

%d blogueiros gostam disto: