Archive for the 'Atividades' Category

ATENÇÃO!! PARA COLOCAR NA AGENDA

Nos dias 30/08, 06 e 09/09/2013 ocorrerão reuniões na Providência organizadas pela Comissão de Moradores da Providência, o FCP e o Núcleo de Terras e Habitação (NUTH) da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro. Essas reuniões serão realizadas para debate e esclarecimentos sobre a Ação Civil Pública (ACP) movida pelo Núcleo de Terras e Habitação (NUTH) da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro, em defesa dos direitos dos moradores da Providência, frente aos impactos negativos do Projeto Morar Carioca Providência.

Essas reuniões ocorrerão em um momento de acentuação dos conflitos desencadeados pela SMH, tendo em vista as recentes ações da Prefeitura do Rio, na Providência, através da referida secretaria, no sentido de gerar interpretações distorcidas e divisões entre os moradores sobre o conteúdo e os objetivos da ACP e da liminar concedida pela justiça e que embargou as obras do Morar Carioca da Providência até que a Prefeitura do Rio faça cumprir as determinações legais estabelecidas.

Não adianta a prefeitura tentar jogar morador contra morador, nem morador contra a defensoria pública!

Prefeitura: faça-se cumprir o direito à moradia e à segurança da posse na Providência!

Pela defesa de processo de urbanização da Providência com participação e controle social que não reedite as remoções de favelas na cidade!

reunião_NUTH_Providência_2013

Cartografia social urbana- o que está em jogo nas cidades?

A FASE (Apoiador do FCP) convida a todos (as) para o evento:

  OFICINA NACIONAL – Cartografia social urbana: O que está em jogo nas cidades?

11 e 12 setembro de 2013 | Colégio Assunção -Santa Teresa . Rio de Janeiro

 

fase

 
 
Informações
FASE Solidariedade e Educação
telefone | 21 2536 7350
email | joana@fase.org.br

Divulgue e Participe!

 

 

CAJUÍNA – Grupo de Ação Caju Inteligente

O Grupo de Ação Caju Inteligente convida TODOS  a participar do  I Fórum Social do Bairro do Caju, dia 31/08/2013, sábado, das 09h às 16h, na Quadra da Manilha, rua Leão XIII, s/nº, Pq. N. Sra. da Penha, Caju, Rio de Janeiro.

O evento discutirá questões sobre melhoria da qualidade de vida para as nossas comunidades, apresentando projetos de autossustentabilidade e conscientização ecológica, assim como os impactos iminentes do Porto-Maravilha no bairro.

Teremos, além da mesa de debates, lanches, almoço, shows, poesia e exposição.

Ficaremos muito gratos com a sua presença!

Obs: O convite se estende a tantos quanto quiser levar.

DIVULGUE E PARTICIPE!

Cartaz (1)


II CONFERÊNCIA INTERNACIONAL MEGAEVENTOS E CIDADES

DIVULGAÇÃO  DA  II CONFERÊNCIA INTERNACIONAL MEGAEVENTOS E CIDADE QUE ACONTECERÁ NOS DIAS  27 a 30 de Abril de 2014, Rio de Janeiro, Brasil

 

Nos últimos anos, os Megaeventos – especialmente Copa do Mundo de Futebol, Olimpíadas e Exposições Internacionais – têm acionado capitais de todos os tipos, reconfigurado escalas, territórios e produzido novas retóricas acerca de urbanidade e de cidades globais, que proclamam a convergência entre interesses públicos e privados. Sustentado no discurso da dinâmica competitiva dos fluxos globais de investimento e da conseqüente dinamização das economias locais, o modelo de cidade global opera como ideia regente para os que concebem e implementam as intervenções urbanas. Já as formas de resistência a este modelo de cidade são sistematicamente silenciadas, tanto pela hegemonia dos grupos dominantes no campo simbólico, quanto pela força.

Desde a I Conferência Internacional Megaeventos e a Cidade, realizada em novembro de 2010 no Rio de Janeiro, movimentos de resistências se colocaram na arena pública e houve considerável crescimento da produção do conhecimento sobre o tema por geógrafos, arquitetos e urbanistas, sociólogos, planejadores, cientistas políticos, antropólogos e outros profissionais. Em diferentes encontros internacionais de natureza profissional e disciplinar – International Sociological Association (ISA), Association of American Geographers (AAG), Latin American Studies Association (LASA), Associação Nacional de Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional (ANPUR), entre outros – a questão tem ocupado destaque cada vez maior nas discussões. Trata-se, agora, de reunir, sistematizar, confrontar e socializar, na comunidade científica e na sociedade civil, o conhecimento acumulado. A  II Conferência Internacional Megaeventos e a Cidade tem por objetivos, de um lado, consolidar este sub-campo singular dos estudos urbanos e, de outro lado, propiciar o encontro e o diálogo entre pesquisadores, professores, estudantes, profissionais e técnicos de organizações governamentais e privadas, bem como ativistas de movimentos de direitos humanos, de diversas partes do mundo, engajados no estudo, planejamento e promoção de megaeventos, mas também nos conflitos deles decorrentes.

A II Conferência Internacional Megaeventos e a Cidade se realizará por meio  de Sessões Plenárias (SPs), Sessões Temáticas (STs), Sessões Livres (SLs) e contará também com a exibição de produções no campo das artes e cultura relacionadas ao tema.

MATERIAL COMPLETO NAS VERSÕES –  PORTUGUÊSINGLÊS

 

ATO REMOVE O PAES! Sábado, 17/08, às 14 h, Praça do Colégio Santa Marcelina, Alto da Boa Vista

Não vamos entregar essa notificação na surdina, pela fresta da porta, sem identificação, como fazem os funcionários da Secretaria Municipal de Habitação com os moradores ameaçados de remoção. Vamos de cara limpa em defesa de uma cidade democrática, onde o respeito aos direitos sejam a ordem do dia. Nós não entregaremos nossa cidade!

Marcha e vigília na residência oficial do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes. Parem já as remoções no Rio de Janeiro!

Sábado, dia 17 de agosto de 2013

Concentração a partir das 14 h, na Praça do Colégio Santa Marcelina (http://goo.gl/maps/nrnVL)

Evento no facebook

FORA PAES

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fórum Comunitário do Porto

ENCONTRO POPULAR SOBRE SEGURANÇA PÚBLICA E DIREITOS HUMANOS

logo400x1931

ENCONTRO POPULAR SOBRE SEGURANÇA PÚBLICA E DIREITOS HUMANOS

As Violências de Estado no Rio dos Megaempreendimentos

Nos dias 12, 13 e 14 de julho será realizado, no Rio de Janeiro, o Encontro Popular de Segurança Pública e Direitos Humanos : As Violências de Estado no Rio dos Megaempreendimentos. O objetivo é articular movimentos sociais, organizações de direitos humanos e comunidades de áreas com intervenção militar e afetadas por obras de megaeventos para debater a cidade e pensar estratégias de enfrentamento às múltiplas formas de violência cometidas pelo Estado.

2013 é um convite à reflexão sobre Segurança Pública: 20 anos das chacinas da Candelária e Vigário Geral, 10 anos de Chacina do Borel, 5 anos de UPP. Em 2009, os movimentos sociais, comunidades e organizações realizaram o I ENPOSP – Encontro Popular Pela Vida e por um outro Modelo de Segurança Pública, um contraponto à CONSEG (Conferência Nacional de Segurança Pública). O objetivo era debater e articular as estratégias de atuação e resistência no campo da Segurança Pública e Direitos Humanos.

Muita coisa mudou nesses últimos 5 anos! A consolidação da atual política de intervenção militar nas favelas cariocas (UPPs, Força Nacional de Segurança, Forças armadas), o recolhimento forçado da população em situação de rua em nome do combate ao crack, a especulação imobiliária em áreas empobrecidas. Apesar de algumas mudanças, nota-se a presença da lógica repressiva da segurança em todos os casos. Além disso, neste momento vivemos violência do Estado e a repressão às formas de resistência justificadas pelos megaeventos e megaempreendimentos.

Convidamos todas e todos para refletir conosco a situação da Segurança Pública no Estado do Rio. A ideia é construir um encontro onde possamos debater temas como violência policial e execuções, política carcerária, racismo, remoções, recolhimento compulsório, criminalização da pobreza e dos movimentos sociais entre outras questões.

PROGRAMAÇÃO (VEJA AQUI)

O FCP PARTICIPARÁ DO EVENTO “DEBATES PÚBLICOS”, ORGANIZADO PELO COLETIVO USINA, NA REGIÃO PORTUÁRIA DO RIO, NOS DIAS 21 E 22 DE JUNHO.

Vamos aproveitar essa oportunidade para partilhar olhares e compreensões críticas sobre os discursos e as práticas de “requalificação urbana” para as cidades. Essa será uma ótima oportunidade para partilharmos experiências e refletir sobre o que há de comum e particular nos impactos produzidos pelo  Projeto Porto Maravilha e por outros grandes projetos de intervenção urbana em São Paulo, Recife e Fortaleza. 

 Venha participar e ajude na divulgação !!

 

debates-zona-portuaria-21e22jun


FCP no Twitter

Flickr FCP

Mesa 5 – Transformações urbanas e resistências

Mesa 5 – Transformações urbanas e resistências

Mesa 5 – Transformações urbanas e resistências

Mais fotos

Categorias

Estatísticas do blog

  • 36,915 Visualizações

%d blogueiros gostam disto: